Salsichas com corn-flakes

Estava a dormir profundamente. Como se não houvesse amanhã. Férias grandes, com amigos grandes, álcool e outras aventuras, tudo para resultar numa noite de sono profundo. Não importava sequer o facto de estar numa tenda, num saco cama. Aliás os Açores ajudavam ao sono. Era o sol, o mar salgado, a comida, a companhia, os passeios, as gargalhadas.

E estava eu a dormir ferrado quando começo a ouvir um barulho estranho dentro da tenda. A minha companheira não parava de se mexer agitada. A remexer os sacos e as malas. Em busca de algo. Que será que se passa?, reflectia em silêncio.

Rapidamente o barulho passou a ser de quem está a mastigar. E eu, como comilão que sou, sento-me e olho para a minha amiga (Banana nome carinhoso que lhe demos), na esperança que o que ela estivesse a comer pudesse ser partilhado.

Mas o que ela estava a comer era bizarro. Eu nem queria bem acreditar. Se calhar, estaria a sonhar. – Mas o que é que tu estás a comer? perguntei em total descrédito. Ela meio surpreendida, meio irritada responde-me num tom brusco: Salsichas de lata com corn-flakes!!! O que é que queres??? É O QUE HÁ!

Nunca mais consegui comer salsichas de lata sem serem cozinhadas.

Alguns anos mais tarde telefona-me e diz: Queres vir comer sushi aqui a casa? E quem é que diz não à tua companhia, ainda mais com sushi, respondi. Adoro ambos.

E assim foi. Cheguei. Bebemos um pouco de vinho. Deitámos conversa fora. A Banana a contar das suas, eu das minhas. Numa conversa que sempre flui leve. Passados alguns minutos diz: Vou buscar o sushi.

Quando chega à mesa com o dito, ele vinha quente e o peixe com um ar meio cozinhado. – Mas o que fizeste?, perguntei. Aqueci um pouco para não o comermos frio. Aqueceste?!?!?

E assim é a nossa amizade de grande qualidade e duração. Mete gargalhadas, comidas, muito humor e muito amor. E alguns acidentes. Como se querem as grandes amizades.

por Bernardo Ramirez

 

4 comentários em “Salsichas com corn-flakes”

  1. Lá embarquei eu no comboio da tua escrita, visualizando mentalmente as situações descritas ! As amizades são um bem precioso. E na verdade, com verdadeiros amigos ao nosso lado, não é o que comemos que tem mais valor. É estarmos juntos.

Comentário: