Mana Linda

A minha Mana Linda

Há muitos anos atrás a minha irmã decidiu que ela seria, na minha vida, a mana linda. Na realidade isso corresponde rigorosamente à verdade: é minha irmã e é linda. Aconteceu quando descobriu que no telemóvel o nome dela era o nome do BI. Não, disse ela, sou a Mana Linda.

Desde que nos encontrámos, há muitos anos atrás, tinha eu 11 anos e ela acabada de nascer, foi amor instantâneo. Bem quase instantâneo, que nos primeiros anos ela só gostava mesmo era de chorar, e particularmente de chorar nos meus braços. Continuar a ler “Mana Linda”