O primeiro beijo

Eu a dar um beijo ao meu amor

Todos temos um primeiro beijo. Alguns muito sortudos têm vários. Algo apaixonado ou acidental ou desastroso que acontece numa fase da vida onde o romance, a paixão e o desejo (na sua maioria platónico) estão em alta.

Sempre fui um romântico pragmático. Já desde pequeno. Lembro-me com seis anos acabado de chegar à primeira classe que fui visitar o meu ex-infantário que era no local de trabalho da minha mãe. E, sem saber muito bem como, decidimos, eu mais velho e experiente, com o resto das crianças, que íamos dar beijos na boca. Mas não beijos discretos e subtis. Beijos de espectáculo e plateia. Continuar a ler “O primeiro beijo”